Escrevendo

Sonho

E lá estavámos nós, sentados no chão, trocando olhares. Uma câmera fotográfica apareceu. Você queria detalhes do meu rosto para guardar. Lembranças de uma tarde. Roupas de época, sentimentos atemporais. Mas precisávamos ir para algum lugar! De repente, estávamos em um guichê de rodoviária. Não conseguia entender qual era o nosso destino se tudo estava… Continuar lendo Sonho

Uncategorized

“O que vale é o sentimento e o amor que a gente tem no coração”

Cheguei ao trabalho e já fui golpeada com uma triste notícia: Emílio Santiago faleceu hoje em decorrência de um AVC. Aos 66 anos.

É triste porque ele estava há bastante tempo internado – ele sofreu o acidente vascular cerebral no dia 7 desse mês.

É triste porque ele é um daqueles cantores que canta de tudo sem estragar, sem apelar.

É triste porque muita gente – eu inclusa – conhece pouco de sua trajetória, de sua discografia. As piadas com “Saigon” já pipocam pelas redes sociais. “Cadê juízo quando a gente mais precisa?”

Mas é só usar a mesma World Wide Web para descobrir o quão artista ele foi. Que voz!!! Que talento!!! E que capacidade de te envolver com a música.

Deixo aqui uma singela homenagem a este cantor – bacharel em Direito – que não precisava da mídia para ter seu valor reconhecido.

Vá em paz, Emílio!