Escrevendo

A bola da vez é: Lulu

Nos últimos dias, o assunto que mais pipocou na(s) minha(s) timeline(s) foi o aplicativo Lulu.

Image[Imagem: Divulgação]

Acredito que muitos de vocês já tenham ouvido falar, também.

E eis que hoje de manhã, um amigo mostra pra gente sua avaliação no aplicativo – devo dizer que algumas hashtags não eram lá muito lisonjeiras. Achei engraçadíssimo! Sim, engraçado.

De primeiro momento, não achei escroto, nem “machismo às avessas”. Apenas engraçado. Decidi instalar o aplicativo – e meu celular já começou a apitar com a mensagem de “memória cheia”!

É tão simples de usar… Basta instalar (é de grátis pra Android), logar com os dados do Facebook e na sua tela aparecem todos os seus contatos da rede social (aparecem, também, algumas meninas – não sei se usuárias do app ou não – e gente desconhecida). A curiosidade é imediata, porque todos os caras têm um perfil a ser avaliado (descobri, também, que os boys têm acesso limitado ao aplicativo). Até meu namorado está!, mas me contive e não classifiquei-o como #BombonzinhoSensual, #SabeCozinhar e #ÉFelizTodoDia.

Sim, é assim mesmo que rola o negócio: você vai lá e aproveita o manto de anonimato pra falar ou muito bem ou espinafrar o cara. Você pode ser conhecida como “já ficou” ou “amiga” e dar notas também pra itens como “Comprometimento”, “Aparência”, “Humor”, “Educação” e “Ambição”. Acredito que a média das notas desses itens são as que aparecem junto ao perfil do cara.

Eis que, ao acessar o perfil de alguém/ conhecido avaliado, você se depara com #AmigoDoEx, #ExNamoradaLouca, #TrêsPernas, #NãoÉLegalComMeusAmigos, #Lerdo, #Pinóquio, #LavaEPassa, #Bebezão, #NãoQuerNadaComNada, #OmbroAmigo, #Aparadinho, #UsaRyder, #CurteRomeroBritto, #FriendZone, #ÉFelizTodoDia, #ConquistouMinhaCalcinha, e outras finesses.

É falta do que fazer?? Sim, porque perdi duas horas da minha vida instalando, olhando todos os perfis de conhecidos e rindo, rindo muito das frases que colocaram.

Mas também achei que o Lulu é uma ferramenta de vingança pessoal. Sob o véu do “ninguém vai saber que foi você quem escreveu isso”, a mulherada – e, talvez, alguns homens – destilam seu veneno contra ex-namorados, peguetes ou inflam o ego daqueles que querem pegar.

O Lulu é aquela conversa de bar que você tem com as amigas depois de umas biritas a mais; são as respostas do “Verdade ou Desafio” feito no final da festa; é o rancor escancarado de uma briga ou de um término. É a enquete a que poucos terão acesso. E não qualifica apenas sexo, mas a relação que se teve com o alvo dos dardos, seja de amizade, de flerte ou namoro. Só leva a sério isso quem tem grandes e profundos problemas e se acha acima do bem e do mal.

Todos já fomos criticados alguma vez na vida. Apontados como feios, bonitos, simpáticos, “poxa, que coxa!”, etc., etc., etc. É aquela zoação que antes não era chamada de bullying. É algo que você esquece rapidamente e lembra depois de um tempo dando risada.

Até o Xico Sá discorreu sobre o aplicativo hoje:

“Relax, amigo, se ela aplica o Lulu, aplica o projeto Lázaro, levanta e anda.” –  Lulu reduz a mulher a um macho mal-acabado

Não dá pra levar a sério. Não é pra ser levado a sério. E me constrange ver comentários de pessoas que enchem a boca pra falar que o Lulu é absurdo e degradante quando estas mesmas pessoas avaliam outras da mesma forma ou pior numa mesa de bar.  Não sejamos hipócritas! A ferramenta iguala a mulher ao homem? Não sei dizer porque não sou uma estudiosa do assunto. Mas abre uma nova janela ao que são algumas mulheres hoje. Rancorosas? Narcisistas? Sedentas por aplausos? Cansadas de ouvirem cantadas escrotas na rua e fingir que não ouviram? Querendo dar o troco na mesma moeda? Fico com todas essas hipóteses.

Depois das duas horas que fiquei rindo com as avaliações, desinstalei o aplicativo do meu celular, que voltou a ter a memória “menos cheia”. É melhor fazer isso que usar a Justiça brasileira, tão lenta, pra processar quem desenvolveu a ferramenta.

Por quanto tempo o Lulu ainda amedrontará o imaginário masculino? O Tubby já está por aí, pronto pra detonar a mulherada. Outra vingancinha em forma de tecnologia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s