Descobrindo

Diana

Ultimamente, tenho mais falado sobre música que qualquer outra coisa.

Hoje, um dia totalmente “bãlã” – aquele dia que você está apenas de corpo presente mas com a alma viajando pra mil e um lugares, tirando um cochilo e acordando -, vi esta postagem na minha timeline do “feice”:

FanpageNileRodgers_Divulgacao.jpg
[Imagem: Fanpage Nile Rodgers]

Nile Rodgers, pra quem não sabe, é O hitmaker, O cara por trás de grandes sucessos do CHIC (vou citar apenas Good Times, cuja batida é uma das mais sampleadas), David Bowie (Let´s Dance), Madonna, INXS (Original Sin), Duran Duran (Notorius), Sisters Sledge (We Are Family) e Diana Ross.

diana-ross-black-and-white_Divulgação[Imagem: Divulgação]

Eis que resolvi dar play no vídeo que ele compartilhou e…

MINHA NOSSA SENHORA: PRE CI SO OUVIR ESSE ÁLBUM!!!!

E é o que estou fazendo desde às 14h desta tarde – ouvindo e reouvindo “Diana”, de 1980, uma pérola negra, uma coisa linda. Pra se ter uma ideia, vocês já devem ter ouvido na Alpha FM ou em algum filme as músicas Upside Down e I´m Coming Out. Se não ouviram, ouçam! Clássicos absolutos.

Compartilharei aqui neste humilde blog – que batei recordes de audiência esta semana!!! Rs… – duas canções que me deixaram obcecadas:

Tenderness…

… e My Old Piano

São ou não são sensacionais?!?!? E por que raios demorei tanto tempo pra ouvir um álbum inteiro desta senhora [exceto o outro grande clássico “Marvin & Diana”]???

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s