Vamos falar de coisa boa?

Eu vi As Vantagens de Ser Invisível

Vamos falar um pouquinho de filme(s). Um filme triste e fofolete, ao mesmo tempo.

Ontem, vi “As Vantagens de Ser Invisível”, com Logan Lerman, Emma Watson (que está uma graça!) e Ezra Miller, entre outros. O filme é baseado no livro de mesmo nome do autor Stephen Chbosky.

vantagens_divulgação[clica na imagem pra ver o trailer]

Vamos para o meu resumo antes das “considerações”: Charlie é um garoto tímido, quieto, que escreve cartas-diário para um “amigo”. Ele acabou de entrar no ensino médio e já percebeu que será alvo de muito bullying. Ele ama ler e tem planos de ser um escritor, o que é facilitado pelo incentivo de seu professor de literatura, interpretado pelo Paul Rudd (num papel sério!!! SIM!!!).

Numa aula de marcenaria, ele conhece Patrick, um veterano que repetiu essa matéria e tá na frente da sala imitando o professor pra dar uma animada nos calouros. Lógico que o professor chega, acaba com a palhaçada e pergunta o nome do garoto; ele, bocudo que é, responde que o teacher pode chamá-lo de Patrick ou de nada; obviamente, ele escolhe chamá-lo de Nada e aí vem mais bullying pela frente.

Além de Patrick, Charlie fica conhecendo sua meia-irmã, Sam, que também é veterana. Os dois são a versão alternativa do high school: não são populares, mas vivem em festas, curtem música boa (Smiths, Sonic Youth, C´mon Eileen), “Rocky Horror Picture Show” e têm grandes amigos – e uns segredinhos a serem guardados.

montagem

Nessa turma de “desajustados”, Charlie consegue enfrentar seu primeiro ano de ensino médio de uma forma mais leve e menos solitária. Porém, este garoto tem demônios escondidos dentro de si, que tentam aparecer por meio de flashbacks de uma tia muito querida.

Agora, as minhas impressões: esse é um filme MUITO depressivo. #DeprêNews total!!!! Rs…

“Nós aceitamos o amor que achamos que merecemos.”

Se você quiser ver o filme e/ou ler o livro, uma dica: esteja em paz consigo mesm@, num momento muito legal da sua vida. Do contrário, você terá tendências suicidas, quererá ouvir Smiths o dia todo e chorará sempre que olhar pra cara do ator que interpretou o Charlie. SÉRIO!!!

Eu gostei muito do filme porque ele, basicamente, fala sobre amizade. Amigos que te fazem crescer, ver o mundo com outro olhar, experimentar, curtir, viver, chorar, se equivocar, perdoar, se apaixonar e continuar sempre juntos, mesmo distantes.

Os problemas de Charlie, Patrick e Sam são conhecidos pelo público no decorrer da história, seja por uma porta aberta no momento errado, seja por um sussurro numa roda de amigos, seja pelas lembranças que teimam em aparecer e são afastadas à força. Não vou falar aqui pra não estragar a viagem.

Acredito que o melhor momento do filme é a cena da caminhonete no túnel, ao som de uma música que eles amaram no primeiro instante em que ouviram, mas não sabiam o nome ou quem cantava. E essa cena se repete no final e é simplesmente linda.

Eu sei que tem pessoas que dizem que essas coisas não acontecem, e que isso serão apenas histórias um dia. Mas agora nós estamos vivos. E nesse momento, eu juro. Nós somos infinitos.

(clica na citação pra ver descobrir a trilha sonora do túnel)

Emma Watson como Sam está uma graça!!! Ezra Miller É o Patrick, gente! Sensacional. E Logan Lerman… cresceu esse menino, hein!? Lembro dele em “Jack & Bobby”, uma série que eu A M A V A e que acabou de uma forma muito abrupta. Inclusive, o Bradley Cooper fez essa série ~polemizando~ [ele tinha um caso com a professora].

Acredito que vocês também gostarão do filme. Quem leu o livro e assistiu a versão cinematográfica, por favor, me conte se foi fiel ou se ficou faltando alguma coisa [achei algumas partes bem sutis – era para ser assim, mesmo?].

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s