Escrevendo

Drama do Transporte Público V

Eita que hoje o post atrasou!!!

Então, já que estamos num horário propício, o episódio de hoje é: “Fome”.

Nada pior que pegar ônibus cheio. Nada pior que pegar ônibus cheio com fome.

Entrar e se deparar com aquele mar de gente (ai ou a, ê ê, ai ou a, é), aquele ar abafado, um calor, uma moleza, uma vontade de dormir em pé… e a barriga roncando.

Eis que, do nada, mas DO NADA MESMO, você começa a sentir um cheiro. Um aroma familiar, agradável, que acalenta o coração.

Você começa a procurar a origem daquele odor. A sua barriga começa a roncar ainda mais. E nada do seu ponto chegar.

É quando você encontra o/a cidadão/ cidadã de respeito com uma CAIXA DE ESFIHAS DO HABIB´S!!! ASSIM NÃO DÁ, BRASIL!!!

Aquele cheiro é familiar. #QuemNunca contou moedas pra comprar esfihas de carne na promoção não sabe o que é viver no limite!!

MJ-moving-gifs-michael-jackson-22230658-320-229

A caixa, naquele ônibus cheio, é maligna: ela empesteia todo o ambiente. Não há como fugir!! A pessoa desce do ônibus e o cheiro fica lá, lembrando você a todo o momento da fome que sente – e que nem mesmo o arroz e feijão da janta aliviará, porque, a todo instante, suas lombrigas quererão uma daquelas esfihas.

Nessas horas, não há “novidade da Arcor®” que salve!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s