Escrevendo

Drama do Transporte Público X

Amiguinho@, amores, delícias cremosas… Chegamos ao fim da nossa jornada. Ponto final. Pode cutucar o cara do fundo que tá dormindo desde que entrou e sentou – e que, com certeza, babou muito na blusa e sujou a janela de creme/ gel de cabelo.

careta

Mas… vocês perceberam que este post está um pouquinho, digamos, fora do horário?

Senhoras e senhores, no episódio final desta nossa “Saga do Pobre”, apresentamos: “Atraso”.

Você finalmente acordou cedo, se arrumou rapidamente, conseguiu tomar um café da manhã decente e sair 15 minutos mais cedo de casa pra chegar ao ponto/ estação. E, por milagre, ela estava com pouca gente. Bom sinal!

O trânsito ao redor fluindo normalmente – e o ponto/ estação começa a encher de gente.

A todo o momento, você olha o relógio. “Não é possível que ele demore tudo isso”, você se pergunta.

Passam-se os minutos. 5… 10… 15…

MEIA HORA ESPERANDO ESSA PO**A????

CÉ LÔCO, CACHUÊRA?????

noAí você volta a se questionar: “De que adianta sair mais cedo de casa se o busão demora do mesmo jeito?”

Mais de meia hora se passa, uma muvuca se forma ao redor e…

LÁ VEM ELE!!!

E ele vem…

LO TA DO!!!

COM GENTE SAINDO PELA JANELA, PELA PORTA E POR QUALQUER OUTRO BURACO QUE TENHA!!

Um sentimento de humilhação e derrota toma conta. Por que??? Justo hoje que não me atrasei nem saí em cima da hora??? POR QUEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE????

Podemos listar aqui dois motivos:

– Trânsito em algum ponto da cidade, geralmente no centro, que dificulta qualquer fluxo decente de veículos – nos casos dos ônibus;

– Problemas na linha e/ ou veículo que quebrou no meio do caminho, no caso de qualquer tipo de transporte coletivo.

Fora o atraso e a lotação – porque, né?, já que esperou pra caramba, ninguém se importa em entrar numa lata de sardinha pra chegar ao destino logo. Como diria o outro: “Tá no inferno, abraça o capeta.”

respira fundo

O que nos resta na próxima vida – ou próximo emprego – é rezarmos pra tramparmos perto de casa ou sermos ricos o suficiente pra nem pensarmos em trabalhar e/ou sair de casa sem o auxílio de um helicóptero. Tá certo?


Bom, espero que vocês tenham gostado dessa série repleta de humor e ironia phyna. #Ui

Vamos ver se consigo criar outra. Mas, pra isso, preciso da ajuda de vocês, mandando sugestões, comentando os textos por aqui e dando aquele like gostoso. Fechado?

Beijos e até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s