Descobrindo

Borders

Tradução: fronteiras.

Para quem costuma ligar a TV em canais de notícias, ler jornais e ou sites noticiosos, já sabe que a situação dos refugiados neste 2015 é alarmante. Famílias inteiras fugindo de guerras civis, terrorismo, situações de pobreza em seus países. Pessoas de todas as idades saindo do norte da África e Ásia, cruzando o Mar Mediterrâneo pára entrar na Europa e tentar reconstruir suas vidas.

Muitos mortos. Muitos arriscando suas vidas em embarcações lotadas e sem a mínima condição de segurança, ou confiando em traficantes/ coiotes.

Tudo isso para fugir de um país devastado por violência e tentar começar de novo, do zero, na Europa.

Muitos tratados como “ladrões de emprego”, “terroristas”, “oportunistas”, “vagabundos”, “cidadãos de segunda/ terceira classe”. Sendo que são apenas seres humanos. Como eu e você.

E, pelo jeito, só a morte de um menino sírio, cuja imagem do corpo boiando na praia chocou o mundo, mudou um pouco essa percepção. Sim, o corpo inerte de uma criança, e não os vários outros corpos desaparecidos no mar, ou em alguma fronteira.

E aí vieram o crescimento da xenofobia, o policiamento feroz nas fronteiras, a câmera que chutou e derrubou um imigrante que estava com o filho nos braços. E, mais recentemente, os atentados em Paris, que, querendo ou não, podem aumentar o clima islamofóbico no Velho Continente.

Empatia. É o que falta.

Diante de tudo isso, e do apelo internacional causado pela crise imigratória naquela parte do globo, uma artista conseguiu reunir em quase cinco minutos de vídeo essas questões.

Borders, what’s up with that? 
Politics, what’s up with that?
Police shots, what´s up with that?
Identities, what´s up wiht that?
Your privilege, what´s up with that?
Broke people, what´s up with that? 

Cliquem no link abaixo, vejam o vídeo e sintam esse tapa na cara da M.I.A. a todo o mundo:

https://embed.itunes.apple.com/us/embedded-player/idsa.25e44bb6-94dd-11e5-80ab-e8cc0396d829

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s