Vamos falar de coisa boa?

Mulheres, música, sexo

Graças ao bom Jah, nós, mulheres, não precisamos mais ter medo de sermos o que somos e mostrar o que queremos. Seja no trabalho, em casa e/ou em nossos relacionamentos. Temos direito a sermos livres, amarmos nossos corpos sem vergonha do julgamento. Temos desejos e vontades, sim!, não somos robôs.

E, sim, nós mulheres gostamos de sexo. Só que por causa de N restrições sociais, não nos acostumamos a encará-lo com a naturalidade que lhe é peculiar. E falar aberta e livremente em uma música, então…

Por isso que é tão bom, enriquecedor e empoderador ouvirmos mulheres cantando sobre prazer. E não só homens – rappers, em sua maioria.

Recentemente, ouvi dois sons de duas cantoras – negras! – que enalteceram a “luxúria”: Rihanna e Elza Soares, a Mulher do Fim do Mundo (e se vocês ainda não leram a biografia do Garrincha, não sabem a força dessa mulher e o quão foda ela é):

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s