Escrevendo

#NiUnaMenos

Assim que acabei de postar o “Tô Ouvindo ‘Joanne'”, me deparei com essa hashtag no Twitter.

E lá fui eu ver o que estava rolando.

Era uma campanha contra a violência à mulher, que teve como ponto de partida um triste caso na Argentina:

el-pais
Clique na imagem para ler a matéria.

Ou seja, mais uma mulher foi vítima do machismo.

A ONU estima que, em todo o mundo, uma em cada três mulheres tenham sofrido violência física ou sexual. E essa violência parte de um companheiro. Ou seja: namorado, ficante, marido, etc., etc., etc.

Desde 2015, temos a Lei do Feminicídio, que qualifica como crime hediondo o homicídio de mulheres “por razões da condição de sexo feminino” – em outras palavras, matar uma mulher “apenas” por ela ser mulher.

E mesmo assim, toda vez que uma mulher é alvo de extrema violência – como a adolescente que foi estuprada por mais de 30 homens -, ainda há quem se ache no direito de julgar e questionar a conduta dela. Por exemplo: “o que ela estava fazendo naquele lugar naquela hora com aquela roupa?” Ou seja, a culpa é SEMPRE da vítima.

Infelizmente, a violência contra a mulher independe de situação política, econômica, ou seja lá o que for. Ela acontece todos os dias, em qualquer lugar, a qualquer hora. Ela é real e está mais próxima da gente do que imaginamos. Ela é verbal, ela é física, ela é sexual, ela é psicológica. Vem de quem a gente conhece e confia, vem de desconhecidos na rua. E é por isso que lutar por respeito e dignidade não é mimimi!
O machismo mata. A ignorância mata.
#NiUnaMenos #NenhumaAMenos #Sororidade
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s