Descobrindo

Terminei Kimmy Schmidt

Comecei a ver “Unbreakable Kimmy Schmidt” despretensiosamente numa noite de quinta-feira. Ou seja, dormi tarde e acordei só o pó da rabiola na sexta. Porém, a história da ruiva que tinha sido sequestrada por um falso reverendo cheio de lábia e viveu num bunker por 15 anos com outras 3 mulheres infantilizadas e piradas havia me pegado.

Me pegou porque ri muito. Me pegou pela dinâmica “30 Rock”. Me pegou porque queria ver algo leve e que não me fizesse pensar muito.

9226235852f0ae45ab45e2394d374e23
Seria meu sonho?

Kimmy é muito infantilizada, ingênua, muito bom coração, muito fácil de ser enganada. O que rende muitas piadas. E ao dividir o porão com Tituss, um ator gay, negro, que sonha em alcançar o sucesso não trabalhando muito pra isso, redescobre a “vida real”.

Porém, confesso que, quando iniciei a segunda temporada, toda aquela trama e as personalidades de alguns personagens me incomodaram, e quase desisti. A impressão que tive é que nenhum deles “evoluiu”. E que meio que cansaram de inventar novas histórias pra eles, requentando as que já foram apresentadas na temporada anterior.

Exemplo: Kimmy seguiu fazendo de tudo pra ajudar os outros, mesmo sendo sempre desprezada e usada como capacho e não ficando com seu crush imigrante ilegal. Tituss com toda aquela autoestima e egoísmo salvava a pátria somente quando cantava. Lilian maravilhosa como véia doidona, porém faltou mais. E a trama de Jacqueline só ficou legal quando ela deu uma leve guinada no final da primeira e começo da segunda temporada, ao aceitar suas raízes.

A série é divertida? É. Mas a mesma dinâmica “30 Rock” que me atraiu a ela me cansou.

Citei “30 Rock” porque Tina Fey é uma das criadoras e produtoras da série – e, inclusive, participa de alguns episódios.

Mas “Unbreakable” tem pontos muito altos, como as músicas “inventadas” de “grandes musicais que ninguém conhece”, o julgamento do falso reverendo, a gravação do clipe de “Peeno Noir” e, claro, a descoberta da mãe sumida de Kimmy (a atriz escolhida caiu como uma luva!).

Se você ficou curioso, veja este vídeo antes de dar uma chance. E comenta aqui embaixo caso você tenha assistido.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s